JULIANA

Eu a amo. Ela ainda não me ama, mas eu sei que quando a gente crescer vai ser como a mamãe e o papai, um grande amor. A mamãe riu. Riu tanto que eu fiquei meio envergonhado. “Luiz Augusto, você não é muito novo para saber tanto assim de amor?”. Não sou; eu disse a... Continuar Lendo →

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑