O AR QUE ELE RESPIRA – Brittainy C. Cherry

Ora, ora! Parece que alguém aqui mais chorou do que leu! Eu tenho que confessar que eu já tive uma época da vida que fazia cara feia pra romances em geral, mas é fase eu acho. Fiquei muito tempo lendo só distopias, depois só livros de terror e assim vai. Hoje em dia leio de tudo um pouco, mas estou me adaptando a ler romances de novo, por que é complicado gostar de escrever romances e não ler romances, não é?

IMG_0704

Por fim me indicaram esse livro, e eu já fiquei receosa, por que eu realmente não sabia o que esperar. Eu tinha uma aposta interna que iria largar o livro antes do meio, bem, eu não larguei.

A primeira pessoa que conhecemos aqui é a Elizabeth, e sua filha Emma de cinco anos. Elizabeth perdeu seu marido em um acidente de carro, e logo depois de aceitar isso e de fato enterra-lo ela “foge” para a casa da mãe, esperando se esconder da verdade que a massacrava todos os dias: seu marido não ia voltar.

A forma como Brittainy C. Cherry constrói esse amor forte e bonito, essa segurança familiar, o sonho que a Elizabeth tinha de ter a sua família é emocionante, mais emocionante ainda é a forma como absorvemos esse luto junto com ela, da vontade de atravessar as páginas e abraça-la bem forte.

A situação inicial é que depois desse um ano na casa da mãe, ela decide voltar para a cidade onde morava, sua casa e sua vida. O que não vai ser nada simples por que a cidade dela é pequena demais e nossa, eu fiquei com muita raiva de todas as pessoas patéticas e fofoqueiras que ficavam rondando a vida dela. ACONTECE QUE nessa volta ela vai acabar conhecendo Tristan (❤), um cara fechado e grosseiro que tinha fama de encrenqueiro e problemático.

A história de Tristan é tocante da mesma forma, ele também lida com a perda da esposa e filho e mais a sensação de fracasso e derrota por estar vivo. PESADO. Eu sei, mas fazer o que. Tudo é muito crível, pelo menos pra mim, até a forma louca e doentia com que eles se envolvem no começo, tentando tapar buracos se relacionando mais com fantasmas dos antigos amores do que um com o outro. É estranho no começo, mas depois você pergunta, e se fosse comigo?

Eu achei o livro lindo, o final é surpreendente MESMO, ele todo é emocionante, me fez chorar váaarias vezes. Vou ler os próximos dessa série, que se chama Elementos, por que eu amei!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: